Procurando algo? A Conciencia te ajuda! =D

domingo, 8 de março de 2009

Fanfic: Experiencia Lobisomen!



Capítulo 01 - O teste de 999.000.000 milhões

Numa noite escura, um cara bebado, de olhos castanhos (quase amarelos) loiro, de cabelo arrepiado estava andando pelas ruas sem rumo (ou simplismente não lembrava onde estava sua casa de tão bebado), reclamando que uma garota brigou com ele.

- Aquela desgraçada da Yuka... nós nunca começamos algo sério e ela já sai nos berros só por que eu tava com umas 4 ou 5 garotas! u.ú... quase que eu cato as quatro ou cinco de uma vez! *soluça*...

Bem lá perto, dois homens de esmolque preto, fumando cigarro estavam observando aquele cara que ali passava, e um deles perguntou ao outro:

- Que tal aquele cara? ele me parece idiota o bastante pra isso...

- Não basta ser idiota, tem que ser compatível!

- Ou pelomenos invisível para as outras pessoas...

- Bem, de qualquer forma... estamos sem opções... então vai aquele cara mesmo...

- Finalmente! Uma cobáia!

O homem, de tão bebado nem via aqueles homens, e nem se interessava pelo o que eles estavam falando...

(No dia seguinte)

O homem estava dormindo de baixo de uma ponte! Acordou com a maior ressaca.

- Aaaai! Caaaara! Como é que eu vim parar num lugar desses? - falou ele massageando sua cabeça dolorida.

O homem se levantou, olhou ao redor e ficou pensando no que aconteceu ontem pra ele estar dormindo de baixo de uma ponte, e não tinha sucesso, não se lembrava nem do que ele tinha comido ontem, sem nada pra fazer olha o relógio...

-Hmm...- falou tranquilamente - 04:39........... QUATRO E TRINTA E NOVE!?!?!?! TO ATRASADO PRO TRABALHO! O_O' - falou desesperado.
(Ele entrava ás 07 da manhã... já eram 4 da tarde! O.O)

Ele ainda precisava tomar banho, estava cheirando a bebida e a cigarro, quando se trocou saio desesperado pro trabalho (que era caixa num mercadinho). Quando havia chegado, ia de fininho pro seu caixa, para o chefe (que não estava tão longe de onde ele tinha que ir) não o visse, vestiu rapidamente o uniforme e ficou no seu caixa como se nada tivesse acontecido, até que o chege olhou e viu o seu empregado lá, sorridente atendendo aos clientes, o chefe decidiu se aproximar.

- Oi chefe! Tudo bem com o senhor? - falou ele alegre.

- Akira... pode vir na minha sala um segundo?

- Claro chefe... - falou ele com um sorriso, tentando esconder o nervosismo.

E assim foi ele para a sala do chefe, o chefe não parecia contente...

- AKIRA! JÁ É A DÉCIMA VEZ QUE VOCÊ CHEGA ATRASADO! QUE EXPLICAÇÃO VOCÊ ME DÁ!? Ò.Ó*

- Ah chefe, sabe como é... fui pra um barzinho e sem querer bebi de mais... ^^'

- EM PLENA TERÇA-FEIRA TAKAHASHI AKIRA!? Ò_Ó*

- Gomenasai! (desculpa em japonês) T_T

- GOMENASAI!? ESTÁ DESPEDIDO SEU CACHASSEIRO! Ò_____Ó

- Mais, chefe! Com o que eu vou me sustentar!?

- Com as pernas seu imcopetente!

- Mais com o que eu vou comer!?

- Com a boca seu imcopetente!

- Mas...

*O chefe chuta ele pra fora do mercadinho*

- SAIA SEU IMCOPETENTE! CACHASSEIRO! MULHERENGO!

E assim não teve jeito... ele perdeu o emprego e pra se livrar de suas frustasões ele saio pra beber de novo... e quando gastou todo o dinheiro que tinha, o dono do restaurante o enchotou pra fora...

Akira - Esses... *soluça* desgraçados!...*soluça* filhos da mãe! *soluça* VÃO TUDO SE FERRAR!

- Quer ganhar 999.000.000 de dinheiro meu amigo? - falou um cara de esmolque preto (o mesmo de outro dia).

Akira - 999.000.000!? IRMÃÃÃÃÃO! EU QUERO! *.*

- Você só vai ter que nos fazer um favorzinho...

Akiro - Por essa bufunfa?! ATÉ LAMBO O CHÃO!

- Certo, venha comigo.

E assim, o cara o levou até o seu amigo que estava dirigindo uma enorme limozine preta.

Akira - Caaara! Mais diz aí irmão, que é que cês querem?

- Digamos que... queremos que você teste um produto nosso....

E logo eles chegam num prédio enorme, o mais estranho era que esse prédio ficava completamente longe da civilização! Ficava no meio de uma floresta!

Akira - Legal... o apartamento da chapéuzinho vermelho...

- Vamos entrando?

Akira - Vamos! Vamos pegar o meu dinheirinho!

Em quanto Akira ia, os homens falavam baixinho pra ele não ouvir

- Não tem problema a gente não vendar o bebado alí?

- Que isso! Quando ele acorda esquece até o próprio nome! Quando ele estiver dormindo... a gente o transporta para outro lugar, sei lá...

Logo eles chegaram numa sala enorme, parecia um laboratório, cheia de tubos de ensaios, cápsulas e etc... e eles foram ver um certo cientista que logo se apresentou

- Olá, Akira-san! Muito prazer, meu nome é Michael Robert, sou um cientista dos estados unidos e agradeço a sua colaboração.

Akira - Tá tá tá... e o dindin?

Michael - O que? Pudin?

Akira - O Money camarada!

Michael - Ah! Sim!... ganhará depois dos testes...

Akira - Tá tá tá...

E já iam começar o teste, Akira ia vestir apenas sua calça jeans e deitar numa cama, depois, os dois homens prenderam seus pés e suas mãos na cama enquanto vinha o Michael preparando uma ciringa com um líquido vermelho dentro.

Akira - Peraí doutor! Tu não me falou nada de me amarrar na cama e nem dessa agulha afiada aí! O__O - Falou ele nervoso.

Michael - Não se preocupe, amanhã você irá se esquecer completamente da dor que sentiu hoje... - falou o doutor sorrindo.

Akira - NEM PENSAR! ME SOLTE! ME SOLTE! ME SOLTE! - Falou ele se remoendo inutilmente na cama que o prendia.

Michael - Desista, um humano não pode com isso... mais talvez um lobisomen possa...

E assim, Michael injetou a ciringa em Akira, que começou a gritar, suas veias estavam saltando, seu corpo estava almentando, seus dentes começando a crescer, e seu corpo inteiro começou a adquirir pelos, e Akira apenas gritava de dor, que aos poucos foi parecendo um rugido, e depois, um uivo

(No dia seguinte)

Akira havia acordado, não se lembrava de nada de ontem, só estava com uma bruta ressaca, e se sentia estranhamente calorento e alto, e sem dúvida estava morto de fome.

Estava em alguma espécie de hotel 5 estrelas, apenas se lembrava que avia sido despedido, o resto não, até que bateram na porta do quarto onde Akira estava e abriram.

- E aí chapa quente? Como está se sentindo?

Akira - Hã!? E quem é tu bicho feio? E que lugar é esse? Como eu cheguei aqui?

- Peraí cara! Uma pergunta de cada vez! Primeiro, você concordou em fazer um teste para a empresa que eu trabalho...

Akira - Eu devia tar bebum na hora pra aceitar fazer um teste de um cara feio feito você ¬¬...

- Hehehehe... de qualquer maneira, não saia do hotel! E pra prevenir danos, não se olhe no espelho! - falou ele educadamente, mais na verdade estava nervoso.

Akira - Ah! Agora eu to lembrando! EU PERDI MEU EMPREGO! T_T...

- Não se lembra de mais nada senhor?

Akira - Só que fui pro bar e enchi a cara... Bem! Vou embora procurar trabalho! Tchau bixo feio! Não foi um prazer te conhecer!... que figura... - falou ele indo embora.

- Esperaí senhor! Você não pode sair! - falou ele agarrando o cara pra ele não sair.

Akira - Sai o bicho feio! Tá me estranhando é!?

- O senhor não pode sair!

Akira - E por que não? Me larga caramba!

- Não!

*Os dois caem no chão*

O homem decidido a sair sai se arrastando, e o outro não o largava, Akira já estava ficando bravo, até que o arrancou de sua barriga e o jogou! Ele foi tão forte que lançou o homem pro outro lado do quarto e caio pela janela!

- AAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Akira - O.O'... não conhecia minha própria força... O_O... bem, se ele morreu ou não a culpa não é minha! To indo procurar trabalho! U.Ú

Akira se levanta e vai até a porta, ele estava até se sentindo alto, pois teve que se abaixar para passar pela porta, caminhava pelo hotel para ver se achava a saída, o hotel parecia vazio, até que encontrou um homem completamente vestido de preto.

- Ei! Você!

Akira - Você não! Eu tenho um nome e tenho muito orgulho dele!

O homem era um dos homens daquele dia, mais como ele estava bebado, nem se lembrava dele.

- De qualquer modo, o senhor devia estar sendo vigiado!

Akira - A é... pelo sapo lá?... Ele escorregou da janela...

- Como assim!?

Akira - Ele... ele... ele... Foi ver a paisagem e caiu! ^^"

- VOCÊ ATIROU ELE PELA JANELA SEU ANIMAL!?! Ò___Ó*

Akira - Eu não tive culpa... o carinha que começou a me agarrar!...

- Você me paga seu cretino!

O homen já tava começando a levantar o seu punho, mais um homem (o outro daquele dia) o deteve.

- Não vale apena... você na certa morreria em três segundos! - falou ele friamente.

Akira - Isso mesmo! Eu sou o caaaara! XD

- Você é um animal!

- Chega Toshiki! Vamos colocar um tranquilizante nele e continuar com os testes!

Akira - Nem vem! Eu não quero fazer teste nenhum!

- Pare de blá blá blá! Fique quieto!

Akira - To caindo fora!

Akira saio correndo, se sentia bem mais rápido pois estava deixando os homens pra trás... mais logo ele começou a ficar assustado, pois eles estavam começando a atirar!

Akira - CARAIIIII! ONDE EU FUI AMARRAR O MEU BURRO!?

Os caras não cessavam fogo, mais pela sorte de Akira eles não acertavam nenhuma! Akira se desviava de todas, o problema era que nem ele sabia que estava fazendo isso.

Toshiki - Feliz Massashi?! - falou nervoso.

Massashi - Cala a boca e atira!

Toshiki - Acabaram as minhas balas!

Massashi - Pelomenos sabemos que até um estúpido como aquele cara daria um bom soldado! - falou ele meio feliz.

Toshiki - O problema é pegá-lo!

Massashi - Cala a boca e atira!

Toshiki - Já disse que as minhas balas acabaram!

Massahi - As minhas tão quase...

Toshiki - Eu tive uma idéia! Te espero na saída!

*E Toshiki dá macharé...*

Massashi - Toshiki! Toshiki! TOSHIKI SEU DESGRAÇADO! NÃO ME DEIXE SOZINHO COM ESSA ABERRAÇÃO!

Akira - Xinga mais não ofende né amigo?

Akira corria feito um desesperado, mais não se sentia tão cansado, ao contrário de Massashi que não sabia até quando podia sair correndo atrás dele naquele hotel e quebrando tudo com o tiroteio, até que, Akira consegue finalmente achar um elevador! E corre desesperado até ele, por sorte dele, Massashi não conseguiu alcança-lo.

Akira - Ufa... gentinha louca!

Quando o elevador desce, ele finalmente consegue chegar á recepção e eventualmente, á saída! e ele ficou ainda mais feliz por que estava completamente vazio aquele local, então anda tranquilamente até a saída... até que um dos garotos aparece do elevador, com um enorme espelho e com uma arma, Akira nem tinha notado a presença dele.

Toshiki - TAKAHASHI AKIRA!

Akira se virou assim que ouviu o cara gritar seu nome, e se assustou ao olhar no enorme espelho que Toshiki segurava!....

Akira, avia se transformado num lobisomen! de cabelos negros e olhos amarelos!

Ele ficou tão assustado, que mal se mechia, apenas olhava para o espelho, até tinha se esquecido de Toshiki...

*POF!*

Toshiki atira em Akira e este desmaia, ainda com um pouco de conciência, ele continua a olhar o espelho

Massashi *que chega depois pelas escadas* - Toshiki!

Toshiki - Calma! Apenas tranquilizante como o ordenado chefe!

Massashi - Você não podia deixar ele saber disso!...

Toshiki - Pelomenos eu consegui pará-lo!

Massashi - Que seja! O que vamos fazer com a aberração agora?

Toshiki - Transporta-lo para o laboratório?

Massashi - É... acho que é a única opção...

Continua...
--------------------------------------------------------------------------------
Aviso: Talvez eu mude o nome da fic... E as imagens não fui eu quem desenhei e nem são imagens oficiais da fic, apenas imagens pro texto não ficar sem graça e personagens d outros animes q c parecem com os dessa (só pra vcs terem uma idéia) XD

4 comentários:

Equipe TotalMJ disse...

Oi ingrid! Já está tarde e estou com a vista cansada... mas amanhã volto aqui pra ler sua fic! ok?

Não tem problema não participar da gincana, a escola em primeiro lugar mesmo... xD

Bons Estudos de matemática! ^^

ℳyℳyή-∂є ƥєℛʈϑ, ήℑήgƲéℳ é ήϑℛℳαℒ disse...

Esse eh um dos seus fanfics, eu adorei!!E fiquei curiosa pra descobri oque esses caras querem!!
Sera que tem cura pra esse virus?
Resumindo:Eu vou acompanhar por que eu estou curiosa agora!!^.^

ℳyℳyή-∂є ƥєℛʈϑ, ήℑήgƲéℳ é ήϑℛℳαℒ disse...

Eu consegui achar o resto do anime(Ouran).
No You tube!!Que sorte e achei rapidinho...

Anônimo disse...

oi sou eu renan gostei dessa historia meu nome naum vi ¬¬' mas pelo menos meu comentario apareceu
mas tenho uma pergunta pra baka e outra pra conciencia
baka ser burra doi?
e conciencia vc se acha muito naum é?
pois e um abraço ie isso ai valeu
bjs do seu maior fã